DMTU alerta para desrespeito às Leis de Trânsito




acidente avenida brasil (3)Campo Verde conta com uma população estimada pelo IBGE em 36,5 mil habitantes e uma frota formada por aproximadamente 19 mil carros, motos, caminhonetes e caminhões, o que dá uma média de 0,5 veículo por habitantes.

Embora a cidade conte com ruas e avenidas largas e bem sinalizadas, o número de acidentes é preocupante. De acordo com a Polícia Militar, por mês são registrados entre 35 a 40 acidentes. Mas esse número, conforme frisou o comandante da PM em Campo Verde, capitão Henrique, pode ser maior.

Segundo ele, nem todos os casos são comunicados por envolverem nos acidentes pessoas não habilitadas, menores, ou, por ter havido somente danos materiais, o acerto entre os condutores é feito no local.

O militar ressaltou que a grande maioria dos acidentes de trânsito em Campo Verde é ocasionada por desatenção ou abuso dos motoristas. “90% acontecem devido à imprudência dos condutores”, atestou o capitão Henrique.

Do total de acidentes registrados pela Polícia Militar, cerca de 50% resultam em vítimas fatais ou feridas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, todos os meses são registrados pelo menos 20 atendimentos por acidentes envolvendo motos e carros.

Além da imprudência, o desrespeito às leis e a negligência são outros fatores que contribuem para um trânsito perigoso e violento. Para reduzir o número de acidentes, que muitas vezes acabam em mortes ou ferimentos graves, o Departamento de Trânsito Urbano de Campo Verde e a Polícia Militar, estão fazendo sua parte.

O DMTU, de acordo com o diretor Jairo Freitas, ao longo dos últimos dois anos, instalou cerca de duas mil placas de sinalização vertical, construiu dezenas de quebra molas e refez a pintura das faixas de pedestres e da sinalização horizontal. A PM, por sua vez, procura realizar blitz e autuar os motoristas infratores – ações que devem ser acentuadas.

O diretor do DMTU lembrou também que ações de educação para o transito também são realizadas com o intuito de forma cidadãos mais conscientes e contribuir para a redução do número de acidente. As ações são desenvolvidas em parceria com as escolas da Rede Pública Municipal, Estadual e Particular de Ensino. Um exemplo é o Festival Temático Teatro para o Trânsito, que já foi realizado em 2013 e 2014 e que neste ano será realizado de 11 a 15 de maio.

Mesmo com todo o investimento feito pela Administração Municipal e com as ações da Polícia Militar, os abusos continuam sendo cometidos por motoristas, motociclistas e até mesmo pelos pedestres, que estacionam em locais proibidos – até mesmo sobre as calçadas -, trafegam pela contramão, não respeitam a preferencial, dirigem em velocidade acima da permitida ou não utilizam a faixa de pedestre para atravessarem as vias.

Jairo Freitas ressalta que é preciso maior conscientização por parte dos condutores de veículos e também dos pedestres. Para Freitas, o respeito às leis do trânsito e a atenção ao trafegar pelas vias são importantes para que o número de acidentes em Campo Verde possa ser reduzido. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação)

Categorias: Noticias