Município e Estado recuperam MT-140




3-1A Prefeitura de Campo Verde retomou na última semana os trabalhos de recuperação da MT-140, no trecho pavimentado da rodovia que vai do trevo do Gardez até a Fazenda Floresta, próximo à divisa com o município de Nova Brasilândia.

A operação tapa-buracos está sendo feita em parceria com o Governo do Estado, que fornece a massa asfáltica e o óleo diesel. O município, por sua vez, entra com o maquinário e com a mão de obra. Os trabalhos contemplarão cerca de 30 quilômetros. A recuperação do trecho entre a cidade e o trevo do Gardez, foi feita no mês de fevereiro.

O prefeito Fábio Schroeter frisou que a recuperação da rodovia é de grande importância por ser ela a ligação com o município de Nova Brasilândia e por ser também corredor de escoamento da safra agrícola da região. “Nós sabemos que é fundamental ter essa rodovia em bom estado e só estávamos aguardando ser firmado o convênio com o Governo para recuperá-la”, disse.

O prazo para conclusão operação tapa-buracos não foi estipulado porque o bom andamento dos trabalhos depende de dois fatores: o climático, já que com chuva a massa asfáltica aplicada acaba se soltando. O outro fator é operacional: depende do envio do material pelo Governo do Estado.

Para o morador da Serrinha, João Batistas Severino de Oliveira, quem ganha com os trabalhos que estão sendo realizados são os usuários da rodovia. “Sim, nós saímos ganhando porque a dificuldade grande com esse monte de buraco, né? Então, a Prefeitura fazendo esse recapeamento, tapando os buracos, nós seremos beneficiados”, destacou.

Funcionário de uma fazenda localizada na região atendida pela MT-140, Osmar Fortes também entende que os trabalhos que estão sendo feitos vão favorecer os usuários. “Pra gente é uma ‘mão na roda’, porque a gente passa todo dia aqui”, disse ele.

Fortes destacou que as obras vão reduzir os problemas mecânicos causados pela má conservação da rodovia, proporcionando, consequentemente, economia aos usuários. “Manutenção de carro é bastante gasto e fica difícil demais. Eu acho que com o asfalto assim, mais arrumado, fica bem melhor pra nós”, observou. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação)

Categorias: Noticias