Atletas do handebol feminino de Campo Verde integrarão equipes de Goiás e Rio Grande do Sul




Cada vez mais Campo Verde se consolida como um município formador de atletas por meio das escolinhas esportivas coordenadas pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. Um exemplo são as cinco meninas do handebol feminino, que a partir deste ano passam a integrar equipes de Goiás e do Rio Grande do Sul.

Luana Seller, Marília Manoela e Jully Bragança vão para o Força Atlética, de Goiânia, onde, desde 2017, também joga Abyda Rafaela. Bruna Gonçalves acertou com a Liga Hamburguense de Handebol, de Novo Hamburgo (RS).

De acordo com o técnico Luiz Matheus Coty, com exceção da Marília Manoela, que é de Dom Aquino e integra o grupo há pouco tempo, todas as outras atletas iniciaram os treinamentos na escolinha de handebol de Campo Verde em 2011.

“Essas são as primeiras atletas do handebol feminino a irem para clubes de outros estados”, informou Coty. O treinador lembrou que atletas do handebol feminino de Campo Verde já foram pré-convocadas para seleções nacionais em várias categorias.

Ele avaliou as convocações e a ida das atletas para os novos clubes como o resultado de um trabalho sério realizado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer com apoio da Administração Municipal. As escolinhas esportivas atendem mais de 1,5 mil crianças e adolescentes em 13 modalidades.

Categorias: Esportes e Lazer