Secretaria de Saúde zera fila de espera por consultas cardiológicas




Com três especialistas contratados, dois deles atendendo desde o início de janeiro e um a partir deste mês, a Secretaria Municipal de Saúde de Campo Verde realizou nos primeiros 30 dias desse ano 322 consultas cardiológicas.

Os números fazem parte de um balaço apresentado na última semana, onde constam também outros tipos de atendimentos médicos especializados, e, de acordo com o secretário Altair Timóteo de Araújo, zerou a fila de espera na cardiologia.  “Hoje não nós temos mais nenhum paciente aguardando por consultas nessa especialidade”, frisou.

Ao todo, de acordo com os números apurados, foram realizados em janeiro 1.899 atendimentos e procedimentos em diversas especialidades médicas. “Isso demonstra a preocupação da administração municipal em buscar, cada vez mais, ampliar o leque de atendimento ofertado”, disse o prefeito Fábio Schroeter.

Em janeiro deste ano, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, foram realizados também 69 consultas vasculares. “Este é outro tipo de atendimento que estamos ofertando graças ao credenciamento desses novos profissionais”, destacou Araújo.

De acordo com o balanço apresentado pela SMS, nos primeiros 30 dias do ano foram realizadas 113 consultas com cirurgião geral e mais 39 procedimentos, como punção de partes moles, cauterização e exéreses. Na ortopedia, conforme o balanço, foram 353 consultas e 87 procedimentos realizados.

Outra especialidade em que há grande demanda, mas que a Secretaria de Saúde tem conseguido atender a contento, é a pediatria. No primeiro mês deste ano, de acordo com o balanço feito, foram realizadas 712 consultas.

Araújo destacou que o atendimento pediátrico é ofertado nos PSF´s através da demanda espontânea – sem que haja a necessidade de o paciente passar antes por um clínico geral. “Isso é um grande ganho para a população”, ressaltou.

O balanço aponta também a realização de nove anestesias e 44 consultas geriátrica. A geriatria, informou Araújo, é outra especialidade que passou a ser ofertada pela Secretaria Municipal de Saúde de Campo Verde a partir de janeiro.

Categorias: Saúde