Shopping da Agricultura Familiar será inaugurado na próxima semana




Campo Verde tem uma agricultura familiar forte, que é destaque no estado graças aos índices de produtividade – especialmente de hortifrutigranjeiros – alcançados nas pequenas propriedades localizadas em assentamentos da reforma agrária ou em comunidades rurais.

São cerca de 1,5 mil famílias de agricultores familiares que agora ganham mais uma opção para comercializarem seus produtos com a inauguração do shopping da Agricultura Familiar, marcada para o próximo dia 7, às 16h00.

Localizado às margens da BR-364, na Serra de São Vicente, o Shopping vai beneficiar inicialmente 10 famílias que comercializavam seus produtos em barracas em frente ao Instituto Federal de Ensino e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT). Com a duplicação da rodovia, as famílias tiveram que deixar o local.

No Shopping da Agricultura familiar serão comercializados produtos originários das pequenas propriedades, como queijos, embutidos à base de carne suína, doces, conservas e frutas, entre outros. “As famílias fazem parte da Associação de Empreendedorismo Social da Serra de São Vicente, criada há mais de um ano”, informou a diretora de Agricultura Familiar da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente de Campo Verde, Patrícia Santos Lopes Gomes.

Segundo ela, são as famílias que administrarão o Shopping, construído pelo Município em parceria com o Governo Federal em uma área cedida pelo IFMT pelo prazo de 20 anos e que poderá ser prorrogado. “Elas vão cuidar da manutenção e conservação do local. Qualquer investimento que os comerciantes quiseram fazer terá de ter autorização do Poder Público”, explicou Patrícia.

A estrutura do Shopping da Agricultura Familiar é composta por 10 boxes com banheiros individuais, parquinho infantil, praça de alimentação e alojamento. Uma das propostas das famílias para aumentar o faturamento é alugar os alojamentos para quem desejar passar a noite no local.

A construção do Shopping da Agricultura familiar custou R$ 1.049.425,85. Desse total, R$ 300.000,00 foram viabilizados pelo ex-deputado federal Homero Pereira e R$ 150.000,00 pelo ex-senador Gilberto Goelner. O Município investiu R$ 150.000,00 e o Governo Federal, através do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, investiu R$ 449.425,85.