Assistência Social realiza mais uma abordagem social




De acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social, em Campo Verde não existem moradores de ruas, mas sim pessoas que vivem em situação de rua, que são aquelas que estão de passagem pela cidade e acabam se abrigando nas praças, em prédios em construção ou abandonados.

Diante desse cenário, profissionais do Centro de Referência em Assistência Social (CREAS) da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizaram na manhã de quarta-feira (4), com o auxílio da Polícia Militar, mais uma abordagem social.

“O objetivo é proporcionar a essas pessoas em situação de risco ou de rua, acesso a mecanismos que proporcionem a dignidade e a valorização humana”, explicou o coordenador de vigilância socioassistencial, Ricardo Souza.

De acordo com Souza, a abordagem social é um processo de trabalho, planejamento, de escuta qualificada e construção de vínculo de confiança com as pessoas e seus familiares.

Durante a abordagem da última quarta-feira foram visitados praças e locais onde se concentram as pessoas em situação de rua. “Foram ofertados tratamentos para dependentes de álcool e outras drogas no Resgate Vidas e o benefício eventual de passagens para os que assim solicitaram de sua vontade”, informou Souza.

A realização das abordagens sociais foi uma das sugestões dadas durante a última reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal, realizada no último dia 27. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)

Categorias: Assistência Social