De março a outubro, Campo Verde realizou 187 cirurgias eletivas




Em Campo Verde, os investimentos feitos na Saúde Pública pela Prefeitura através da Secretaria Municipal de Saúde, têm proporcionado o aumento e a manutenção do atendimento em diversos setores.

O de cirurgias eletivas é um deles. Enquanto na Rede Estadual de Saúde esse tipo de procedimento está suspenso e muitos municípios não estão realizando por falta de recursos, em Campo Verde o atendimento está sendo mantido.

Em oito meses, a Secretaria Municipal de Saúde realizou 187 procedimentos. De março até outubro foram realizadas 75 cirurgias gerais, 77 ortopédicas e 35 ginecológicas. Somente no mês de outubro, de acordo com relatório da Secretaria Municipal de Saúde, foram realizadas 33 cirurgias.

Sandra Badoco, secretária municipal de Saúde, enfatizou que as eletivas são aqueles procedimentos em que o paciente não corre risco de morte por não realiza-lo. “Mas por entender que é um direito do paciente, o prefeito Fábio Schroeter determinou que esse tipo de cirurgia fosse realizado”, disse.

Mesmo mantendo os investimentos, a Secretaria Municipal de Saúde informou que a demanda ainda continua grande. Para cirurgia geral, 117 pessoas aguardam atendimento. 84 esperam por cirurgia ginecológicas e 111 por ortopédicas. Também há fila de espera por vasectomia, com 16 pessoas aguardando pelo procedimento, e de laqueadura, com 15 pacientes na fila.

Para que esse quadro fosse reduzido, Sandra Badoco ressaltou que seriam necessários mais investimentos por parte do Governo Estadual, uma vez que as cirurgias eletivas são reguladas para os Hospitais Regionais. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)

Categorias: Saúde