“É uma devolução que a gente recebe com muito bom grado e que saberemos aplicar muito bem”, diz prefeito sobre sobras do duodécimo




A Câmara de Vereadores de Campo Verde devolveu ao Executivo Municipal, parte do duodécimo repassado durante o ano. Na segunda-feira (11), durante a última sessão ordinária de 2017, o prefeito Fábio Schroeter recebeu das mãos do presidente da Câmara, João Narciso Gomes, o “João Fique-frio”, um cheque simbólico no valor de R$ 1.382.000,00.

O valor é a sobra do duodécimo repassado pelo Executivo ao Legislativo em 2017 e corresponde a 26% de um total de R$ 5.429.000,00. Em termos percentuais, essa é uma das maiores devoluções feitas pela Câmara.

Conforme informou o prefeito Fábio Schroeter, o valor recebido será muito bem aplicado. “É uma obrigação dos gestores fazer bom uso dos recursos públicos. É uma devolução que a gente recebe com muito bom grado e que saberemos aplicar muito bem”, disse ele.

Fábio informou que parte do dinheiro será utilizada na compra de uma ambulância para a UTI Móvel. R$ 100 mil serão repassados à APAE para a realização de obras de melhorias e ampliação no prédio da entidade. “Também existe um pedido da Câmara para adquirir um ônibus para os idosos. A gente vai avaliar porque nós temos uma emenda do deputado Max justamente para esse fim. Se não sair a emenda a gente vai adquirir esse ônibus com recursos próprios. De toda forma, a sobra dos recursos a gente vai empregar muito bem, com toda certeza, na administração pública como um todo”, afirmou.

Para o prefeito Fábio Schroeter, o valor economizado pela Câmara durante o ano demonstra a seriedade com que o Legislativo Municipal trata os recursos. “E também um respeito ao dinheiro público. Esse é o papel do Gestor e isso nós temos feito no Executivo e que bom que a Câmara Municipal está nos ajudando a melhorar isso ainda mais”, disse.

Fábio também destacou que a devolução representa também o bom relacionamento entre os Poderes, que, embora independentes, devem caminhar juntos. “O respeito e a harmonia é essencial. Nós não podemos esquecer disso jamais”, ressaltou.

O valor devolvido pela Câmara é significativo e demonstra a austeridade com os recursos do duodécimo são geridos. “Nós trabalhamos com uma administração enxuta na Casa, uma administração transparente, uma administração comprometida com o dinheiro público e logramos êxito”, disse.

João ressaltou que tem confiança de que o valor será bem utilizado pela Administração Municipal. “Eu tenho certeza que esse dinheiro vem numa boa hora para o Executivo, haja vista que quem executa as políticas públicas para o cidadão é o Executivo, é o prefeito municipal. Eu tenho certeza que ele fará um bom uso dessa devolução”, afirmou.

O presidente da Câmara também destacou o bom relacionamento entre os Poderes. “Como manda a Lei, os Poderes devem trabalhar em harmonia, cada um dentro da sua responsabilidade, mas um trabalho harmônico. E desse trabalho tem que resultar políticas públicas voltadas para cidadão. E é o que nós estamos fazendo”, ressaltou. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação)

Categorias: Gabinete