Industrialização

Voltar a Pagina Inicial

A partir do final dos anos de 1990 e o início da década de 2000, Campo Verde começou seu processo de transição do setor primário para o secundário, com a implantação de empresas ligadas à cadeia produtiva da cotonicultura e a outros segmentos.

Passados pouco mais de dez anos, o processo de fortalecimento do setor industrial no município avança num ritmo constante, com empresas que atuam no setor de beneficiamento de algodão, madeira, fiação, tecelagem, ração animal, pré-moldados de concreto, rótulos e etiquetas; confecção, produtos químicos, biodiesel, óleo vegetal, adubo orgânico, metalurgia e metal-mecânico.

Esse crescimento pode ser comprovado pelos investimentos que estão sendo feitos no município por empresas como a Monsanto, o Instituto Mato-grossense do Algodão, o Grupo AGP, a Siloverde, Ric Comércio Atacadista de Algodão e várias outras, que somados, alcançam a cifra de R$ 220 milhões.

Galeria de Fotos: