Pequenos produtores participam de reunião sobre Selo da Agricultura Familiar




Um grupo de pequenos produtores rurais de Campo Verde participou na última terça-feira (5) de uma reunião com a delegada da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário da Casa Civil da Presidência de República (SEAD), Luciana Gallan, e com a coordenadora do Selo de Identificação de Participação da Agricultura Familiar (SIPAF), Simone Barreto, sobre como obter e as vantagens de se ter o “Selo da Agricultura Familiar”.

De acordo com Luciana Gallan, podem solicitar o selo todos os pequenos produtores que utilizam a mão de obra familiar em suas propriedades e também empresas que compram e comercializam produtos da agricultura familiar.

Para tal, basta apresentar a Declaração de Aptidão ao Pronaf, preencher o formulário e enviar ao Ministério do Desenvolvimento Agrário. O formulário deve ser solicitado na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente.

O Selo, de acordo com Luciana Gallan, permite que o produtor faça parte de um banco de dados do MDA onde constam todos os agricultores familiares do Brasil. Permite também que eles participem de eventos e feiras de produtos da agricultura familiar.

Luciana ressalta que ter o selo não isenta o pequeno produtor de cumprir todas as exigências sanitárias e ambientais determinadas pela legislação vigente. Ela também destaca que peças de artesanatos podem ter o selo.  Com o selo, segundo, ela os pequenos agricultores e artesãos familiares têm maio facilidade em exportar seus produtos para os países do Mercosul. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)