Prefeitura investe na aquisição de usina de lama asfáltica




A Prefeitura de Campo Verde tem buscado atuar de maneira a transformar a cidade em um lugar cada vez melhor para se viver, direcionando investimentos a setores que proporcionem melhorias na qualidade de vida da população. Saúde, Esportes e Lazer, Educação e Infraestrutura têm recebido atenção especial da Administração Municipal.

Para deixar as ruas e avenidas da cidade em melhores condições, mesmo no período de chuvas, além da manutenção permanente com “operações tapa-buracos”, realizadas pela Secretaria Municipal de Obras e Viação, o Município tem investido também na aplicação de lama asfáltica e micropavimento, materiais que aumentam a vida útil da capa asfáltica.

E para que esse tipo de serviço possa ser estendido à todas as vias com custos reduzidos, a Prefeitura de Campo Verde adquiriu uma usina de lama asfáltica. O equipamento, que custou R$ 275 mil, foi adquirido com recursos próprios e está sendo montado em São Paulo, em um caminhão que já pertencia ao Município. A previsão é que a usina seja entregue em março.

De acordo com o prefeito Fábio Schroeter, a partir da chegada da usina será elaborado um plano de trabalho para que a maior quantidade de ruas possível possa ser contemplada. “Dessa forma, na próxima temporada de chuvas teremos menos buracos no asfalto”, disse ele.

Ao longo dos últimos cinco anos, vários bairros de Campo Verde foram contemplados com a aplicação de lama asfáltica ou micropavimento. Onde os materiais foram aplicados, a incidência de buracos é bem menor, mesmo no período de chuvas intensas.

Tapa-buracos – Nesta quinta-feira (18) o secretário de Obras e Viação, Fabiano Teruel, informou que a Prefeitura adquiriu 60 toneladas de massa asfáltica e que nos próximos dias será iniciada mais uma operação tapa-buracos com o objetivo de melhorar as condições das ruas danificadas pelas chuvas.

Teruel informou também que viabilizou junto ao Governo do Estado, massa asfáltica para fazer a recuperação da MT-140, entre Campo Verde e a região do Posto Limeira. A previsão é que na próxima semana o material seja liberado e os trabalhos iniciados. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)

Categorias: Obras e Viação