XI FESTCAV começa com “Pirilampo: a saga do bem e do mal no agreste”


O Festival conta com a participação de 13 grupos teatrais que encenaram 13 espetáculos até a sexta-feira

O Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, abriu hoje a (25) o XI Festival de Teatro de Campo Verde (FESTCAV). As peças serão apresentadas hoje e amanhã nos períodos da manhã, tarde e à noite, no auditório do Centro Empresarial (ACICAVE/CDL). A entrega dos prêmios aos vencedores será na sexta-feira (27) a noite.

Nesta edição, o FESTCAV terá a participação de 11 grupos amadores, sendo sete de escolas da rede municipal de ensino, dois do Departamento de Cultura e três independentes. Ao todo serão apresentados 13 espetáculos, 11 concorrendo aos prêmios nas categorias infantil, infanto-juvenil e infantil/adulto, e dois que se apresentam como convidados.

O chefe de Gabinete da Prefeitura de Campo Verde, Aparecido Rudnick, representou o prefeito Fábio Schroeter na cerimônia de abertura e pediu aos alunos-atores que se dediquem em suas apresentações. “Vocês, crianças, são importantes. E falo para vocês fazerem sempre o seu melhor. Somente assim vocês serão vencedores”, disse.

A secretária de Educação e Cultura, Andréa Schroeter, também esteve presente à solenidade de abertura e destacou o empenho dos alunos-atores, dos professores, coordenadores e supervisores na participação e na realização do Festival.

O primeiro grupo a se apresentar foi o GT Alpha, da Escola Municipal Dona Sabina Lazarin Prati, com a peça “Memórias de Pirilampo: A saga do bem e do mal no agreste”, que participa na categoria Infanto-juvenil. Em seguida, o Grupo Sorriso de Mel, da Escola Municipal Monteiro Lobato, apresentou o espetáculo “Abelinha Abelhuda”, pela categoria Infantil.

À tarde serão encenados mais dois espetáculos: “A bruxinha que era boa”, encenada pelo Grupo Paulo Freire, do Centro Educacional Paulo Freire, que concorre na categoria infantil. A peça terá início às 14 horas. Na sequência será exibido o espetáculo “O Cavalo transparente”, pelo grupo de teatro do Departamento de Cultura, que participa como convidado.

As apresentações prosseguem à noite. A partir das 19h30, o Grupo Teatrolando, da Escola Progresso, encena a peça “Terapia Familiar”, que compete na categoria juvenil/adulto. Às 20h30 será a vez do Grupo Fonte de Luz, que participa como convidado, subir ao palco para encenar a peça “Apenas Um”. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)

Categorias: Educação e Cultura