Prefeito Fábio participa de reunião sobre gerenciamento de resíduos sólidos




Imagem 082-1Acompanhando pelo coordenador de Meio Ambiente da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente, Edson Silva Castro, e pelo secretário executivo do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Social, Econômico e Ambiental da Região Sul (SIDESASUL), João Sirlei da Silva, o prefeito de Campo Verde, Fábio Schroeter, que também é presidente do SIDESASUL, participou no último dia 7 de uma reunião organizada pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) na sede Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), que teve como tema a continuidade do processo licitatório para a elaboração do Plano Estadual e dos Planos de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos.

A decisão vale para as propostas já aprovadas pelo Ministério do Meio Ambiente, conforme determinação da Lei nº 12.305/10 que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Dos 13 projetos apresentados pela SEMA ao MMA, onze foram aprovados. Entre eles estão o da Região Metropolitana de Cuiabá, o da Região Sul e de mais oito consórcios Intermunicipais. Participaram da reunião, representantes da AMM, da Caixa Econômica Federal e de 15 Consórcios Intermunicipais.

O secretário do Meio Ambiente, José Lacerda, lembrou a questão dos prazos que precisam ser cumpridos e do ano ser atípico, com a realização da Copa do Mundo de Futebol e o processo eleitoral. “A Sema vai auxiliar os municípios no sentido de que possam ter acesso aos recursos disponibilizados pelo Governo Federal para dar cumprimento às determinações do Plano Nacional de Resíduos Sólidos”.

O prefeito de Campo Verde, Fábio Schroeter, classificou como importante para as questões ambientais dos municípios a decisão de se continuar com os processos licitatórios para a elaboração dos Planos de Gerenciamento Integrados dos Resíduos Sólidos.

“Vai se tornar num avanço a partir do momento que se concretizar a decisão que foi tomada nessa decisão”, disse o prefeito. “Nós saímos de lá animados, acreditando realmente que isso vá acontecer; que a SEMA, afinal, vai licitar a elaboração desses planos. Se isso realmente acontecer vai ser um grande avanço. Os municípios aqui da região Sul, principalmente, que são os que a gente representa, vão poder ter os seus planos municipais de resíduos sólidos”, completou.

Também participaram da reunião o presidente da AMM, Valdecir Luiz Colle; o superintendente da AMM, Darcy Lovato; o coordenador de Assistência Técnica da CEF, Marcos Cardoso Alves, além de técnicos da instituição financeira e da Sema. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação)

Categorias: Noticias