Planejamento Estratégico de Campo Verde é avaliado




5Desde o ano 2012, o Tribunal de Contas de Mato Grosso desenvolve o Programa Planejamento de Desenvolvimento Estratégico Integrado (PDI). Em 2013, Campo Verde aderiu ao programa e elaborou o seu PDI, com metas estipuladas para os próximos oito anos.

O PDI, conforme explicou a secretária municipal de Planejamento Marta Frares, abrange todas as secretarias. Na última terça-feira (1), essas metas foram avaliadas durante reunião realizada no Plenarinho da Câmara e que contou com a presença de técnicos do TCE.

Coordenador do PDI, João Proença, técnico do Tribunal de Contas, acompanhou os trabalhos e explicou o objetivo da reunião. “Essa é uma reunião do Comitê Estratégico do município de Campo Verde e o objetivo é avaliar os resultados do Planejamento Estratégico do dia 1º de janeiro até o dia 30 de junho”, informou.

Segundo ele, para cada secretaria municipal foram estabelecidas metas de longo prazo e que foram desdobradas em metas de curto prazo. “Ou seja, as metas de 2014 é que vão ser avaliadas hoje. Foi estabelecido o valor planejado e o valor alcançado de cada meta e cada secretário vai apresentar o seu resultado. Essa é a primeira reunião de avaliação de resultados com relação à implementação do Planejamento Estratégico em Campo Verde”, explicou.

Conforme destacou João Proença, o PDI proporciona que o TCE/MT faça a transferência de tecnologia e de boas práticas que vão auxiliar os prefeitos na execução dos seus planos de governo. “O objetivo é melhorar a gestão do Município”, ressaltou.

O prefeito Fábio Schroeter, que participou da reunião, elogiou a iniciativa do TCE/MT em implantar o Programa de Planejamento Estratégico de Desenvolvimento Integrado. “É uma ferramenta hoje em dia bastante empregada e que eu acredito que vai auxiliar bastante a administração. A gente agradece muito ao Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso pela iniciativa e por ter escolhido Campo Verde para trabalhar esse projeto. Eu acredito que a gente vai conseguir um grande sucesso”, disse.

De acordo com Fábio Schroeter, com o Planejamento Estratégico, as ações a serem executadas poderão ser mais bem elaboradas e pensadas pelos gestores, proporcionando um aproveitamento melhor dos recursos. “Inserindo essa cultura do planejamento dentro da administração pública a gente acredita que vai conseguir atingir melhor os objetivos, que vai conseguir, realmente, atender os anseios da nossa população”, disse. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação)

Categorias: Noticias