Prefeito vistoria obra no interior e destaca parceria com produtores




7O prefeito Fábio Schroeter aproveitou a manhã deste sábado (11) para vistoriar a zona rural do município. Acompanhado pelo secretário de Obras e Viação Fabiano Teruel e pelo servidor Milton Buzanello, Fábio esteve na região da Fazenda São Miguel, onde vistoriou a obra de construção de um bueiro no Córrego do Café.
Na construção do bueiro, que tem doze metros de comprimento por seis de largura, foram utilizadas 48 manilhas de concreto com 1,20 metro de diâmetro. A obra, feita em substituição a uma antiga ponte de madeira, foi realizada pela Administração Municipal em parceria com o Grupo Bom Futuro, que cedeu máquinas e operários.
O material utilizado na construção do bueiro foi viabilizado pela Prefeitura com recursos próprios e, de acordo com o secretário Fabiano Teruel, o custo total foi de pouco mais de R$ 20 mil.
Fábio destacou que substituir a ponte de madeira pelo bueiro vai trazer benefícios aos produtores rurais. “O mínimo que a Prefeitura pode fazer é apoiar os produtores rurais que são o carro-chefe, o motor do nosso município”, observou. “E a gente tem que dar condições para os nossos produtores”, completou.
O prefeito lembrou que pontes construídas em madeiras são de manutenção cara e necessitam de reparos constantemente, o que acaba causando transtornos aos usuários com a interrupção do tráfego de veículo pelo local. “Fazendo dessa forma, com manilhamento, você resolve definitivamente o problema”, afirmou.
Fábio ressaltou que a implantação de bueiros é mais barata que a construção de pontes de madeira, além de ser mais duradoura. Ele lembrou também que, com a parceria com a iniciativa privada, os custos são menores. “Ainda mais quando a gente conta com uma parceria dos produtores, nesse caso aqui, do Grupo Bom Futuro, colocando todo seu maquinário, seu pessoal, e contribuindo para que a gente possa fazer mais e mais barato”, disse.
O prefeito destacou ainda que a parceria, além de resolver os problemas, é vantajosa para os dois lados. “Essa é uma relação ganha-ganha. E são nessas parcerias que a gente consegue fazer nosso trabalho e o produtor é beneficiado, porque não vai mais se incomodar com aquilo”, frisou.
Lírio Mognol, gerente do Grupo Bom Futuro, também destacou a importância da parceria entre produtores e a Administração Municipal, que, segundo ele, proporcionou, no caso do bueiro no córrego do Café, a solução de um problema que se repetia todos os anos. “Fazer um serviço com a Prefeitura fica bom para os dois lados e, tanto para a prefeitura quanto para nós, ficou dividido”, disse ele, referindo-se aos custos de execução da obra.
Mognol lembrou que todos os anos, especialmente na época da colheita da soja, do milho, ou do algodão, a ponte acabava ficando danificada devido ao tráfego de carretas com até 40 mil quilos de carga ou mais.
O gerente do Grupo Bom Futuro frisou que a parceria com a Prefeitura só é possível devido à credibilidade que a Administração Municipal e o Prefeito Fábio Schroeter têm junto à população e à classe produtora. “Com certeza”, afirmou. “Isso aqui já devia ter sido feito há muito tempo e, em contato com o Fabiano (Teruel) e com o prefeito, eles se prontificaram em fazer o serviço com as manilhas e a gente entrar com o resto. Isso foi decidido logo e, como você está vendo, já está acabado”, salientou. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)

Categorias: Noticias