Prefeitura de CV cumpre Lei que favorece micros e pequenas empresas locais




foto5Os pequenos e microempreendimentos são os responsáveis pela geração da maior parte dos empregos no Brasil. Em todas as regiões, os pequenos negócios são importantes bases de sustentações da economia.

Em Campo Verde a Administração Municipal, desde o primeiro semestre desse ano, está cumprindo a Lei 147/2014 que determina que as compras da Prefeitura, nos itens de contratação em os valores sejam de até R$ 80 mil, sejam feitas com micros e pequenas empresas.

Outro ponto favorável aos pequenos empreendimentos, e que está sendo adotado pela Administração Municipal, é que, em caso de o certame contar com a participação de micros e pequenas empresas de outras cidades, se a diferença de preços for de até 10% em desfavor das locais, a compra poderá ser efetivada com aquela estabelecida em Campo Verde, desde que, pelo menos três microempresas ou empresas de pequeno porte ou microempreendedor individual estejam presentes.

Para o prefeito Fábio Schroeter, essa prática vai fortalecer o comércio local. “As empresas precisam vender e nós precisamos comprar, então porque não comprar de quem é daqui, de quem gera emprego e renda e contribui com o crescimento da nossa cidade?”, questionou. “Nós estamos fazendo a nossa parte e esperamos que as empresas de Campo Verde fiquem atentas e participem das licitações”, completou.

Para que os micros e pequenos empreendedores possam estar aptos a participar das licitações em todas as suas modalidades, a Administração Municipal, em parceria com o SEBRAE, realizou em junho várias oficinas sobre a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. “Com isso nós procuramos proporcionar aos comerciantes o acesso a informações que são fundamentais para que eles possam negociar com o Poder Público”, disse o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Aparecido Rudnick.

Mais participação – Apesar de o cumprimento da Lei 147/2014 ser favorável, o interesse por parte das micros e pequenas empresas de Campo Verde em negociar com o Município ainda é pequeno. “Realizamos um pregão para aquisição de pneus a não apareceu nenhuma empresa da cidade”, observou Leila Gubert, uma das responsáveis pelo Departamento de Compras da Prefeitura.

De acordo com um edital que está sendo preparado para a compra de produtos alimentícios, dos 110 lotes a serem adquiridos, apenas nove não são direcionados às micros e pequenas empresas. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)

Categorias: Noticias