GGIM mapeia pontos críticos de violência




1Criado para unir forças através da participação de representantes da sociedade civil organizada, Ministério Público, Poder Judiciário, Polícias Civil e Militar; Corpo de Bombeiros, Poder Executivo e Poder Legislativo, o Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Campo Verde (GGIM), está mapeando os pontos onde são registrados números maiores de casos de violência e criminalidade.

O proprietário de um dos pontos já identificados, participou da reunião do GGIM, realizada na manhã de hoje (2) no Paço Municipal Prefeito Onescimo Prati. Devido a pouca iluminação e a falta de aparatos que possam inibir a ação de bandidos, frequentemente são registrados no local, casos de homicídio, tráfico de drogas e prostituição.

Como forma de reduzir a criminalidade no local, os membros do GGIM pediram ao empresário que instale cercas móveis no entorno do estabelecimento, melhore o sistema de iluminação e instale câmeras de monitoramento. O proprietário se comprometeu em apresentar uma contraproposta na próxima reunião do GGIM.

A colocação de luminárias foi destacada pelo prefeito Fábio Schroeter como importante no combate à criminalidade. “Uma boa iluminação é essencial”, frisou. O Município tem investido na ampliação manutenção do sistema de iluminação pública e implantou, com recursos próprios, nove câmeras de vídeo em pontos estratégicos da cidade e uma central de monitoramento eletrônico na sede da 8ª Companhia Independente de Polícia Militar.

Para a PM, as câmeras de monitoramento são grandes aliadas no combate à violência, pois além de inibir a ação dos bandidos, contribuem para identificar os autores de roubos, furtos, tráfico e outros delitos. As imagens, de acordo com a Polícia Militar, ajudam a direcionar as perseguições, facilitando o trabalho de captura.

Outra ação proposta durante a reunião do GGIM foi o cumprimento, com maior rigor, da Lei Municipal que regulamenta o fechamento de bares, lanchonetes, restaurantes e estabelecimento similares à meia-noite nos dias da semana e às 3 horas nas vésperas de feriados e nos finais de semana. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)

Categorias: Noticias