Vale do Sol e região receberam o Prefeitura Itinerante




No último sábado (28), moradores dos bairros Vale do Sol, Chácara das Uvas, Jardim Ipanema, Residencial Belvedere e da região central da cidade foram atendidos pelo Projeto “Prefeitura Itinerante”. Esta foi a terceira edição do Projeto. As outras duas foram no bairro São Miguel e no Assentamento Dom Ozório.

Durante toda a manhã secretários e servidores municipais prestaram atendimento e orientações nas áreas fiscais, de saúde, assistência social e educação em uma estrutura montada no miniestádio Lucas Rudnick. Mudas de árvores frutíferas, nativas e ornamentais foram distribuídas pela Secretaria de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente.

IMG_2882Também houve apresentação da Orquestra Sinfônica Jovem e Campo Verde, corte de cabelo gratuito, atendimentos médicos e odontológicos realizados no PSF do bairro São Miguel, roda de leitura, cama elástica, teatro de bonecos e distribuição de pipoca e algodão doce para as crianças.

Para o prefeito Fábio Schroeter, o Projeto Prefeitura Itinerante, que foi criado para proporcionar uma maior aproximação entre a Administração Municipal e a população, está atingindo seu objetivo. “No dia a dia da nossa atividade a gente fica fazendo muita administração, muitos números, muita papelada, muito planejamento, reunião todo dia, reunião como secretariado, com as pessoas que nos procuram, e não sobra tempo, muitas vezes, para esse contato, essa aproximação com a população. Então esse projeto está sendo muito bacana nesse sentido. Está proporcionando isso”, disse.

Tímido por natureza, o prefeito Fábio Schroeter revelou que o Projeto Prefeitura Itinerante o está ajudando a mudar. “Eu sempre fui muito tímido e está ajudando a quebrar um pouco isso”, reconheceu.

Para ele, participar das edições do Projeto é motivo de alegria. “A gente vem com muita boa vontade participando desse projeto. Às vezes você escuta alguém, digamos assim, mais agressivo, fazendo uma reclamação mais contundente. Não tem problema. Do jeito que for, pra nós está bom. A gente vem de mãos limpas, digamos assim, e com muita boa vontade, ouvir a população e aceitar todo tipo de crítica, de sugestão, enfim, do que for. Elogios a gente escuta também”, disse.

As críticas, assim como as sugestões feitas pela população, de acordo com o prefeito, contribuem com a Administração. “Acho que isso vai somar muito e nos ajudar a planejar também, a entender o que a população deseja de nós. Nós queremos mostrar que somos gente como gente e que somos iguais a todo mundo, não somos melhor que ninguém e estamos abertos ao diálogo. E dentro desse diálogo, a gente quer encontrar solução”, disse. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)

Categorias: Gabinete