Vigilância Sanitária alerta sobre criação de animais na área urbana




galinhassApesar de proibido por lei, a criação de galinhas, patos, carneiros, cabras e até mesmo porcos, ainda é registrada pela Vigilância Sanitária de Campo Verde. Esses animais, embora sirvam de alimentos, podem transmitir doença para a população, e por esse motivo, manter aves ou porcos, seja para consumo, para postura ou apenas por hobby não é permitida.

A proibição é embasada na Lei Complementar 005/2005, que regulamenta o Código Sanitário Municipal. Para que ela seja cumprida, a Vigilância Sanitária, em parceria com as Agentes Comunitárias de Saúde e com os agentes ambientais fará um trabalho de conscientização inicialmente e, em seguida, de autuação.

De acordo com a Vigilância Sanitária, após ser notificado, o morador que não eliminar a criação será multado. Em caso de reincidência, o valor da multa será em dobro.

Categorias: Saúde