Rapel no mirante da Praça João Paulo II atraiu mais de 30 pessoas




No último sábado (11), a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo de Campo Verde transformou o mirante da Praça João Paulo II em ponto para a prática do rapel, esporte radical que proporciona muita emoção e adrenalina aos praticantes.

As descidas, com cerca de 35 metros, começaram às 14h30 e se estenderam até às 19h00. Soldados da 11ª Companhia Independente de Bombeiro Militar de Campo Verde cuidaram da segurança das 34 pessoas que desceram a torre penduradas por cordas.

“Tudo foi feito dentro de todas as normas de segurança”, atestou o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Altair Donizete Restani, que também fez a descida. Uma ambulância e uma equipe da secretaria Municipal de Saúde ficou de plantão no local.

O analista de sistemas Bruno Lopes, que é de Cuiabá, soube do rapel na torre através da página da Prefeitura de Campo Verde em uma rede social. Praticante da modalidade e de outros esportes radicais, ele elogiou a iniciativa da SICT.

“Isso fomenta o turismo. Tem muita gente que não conhece o rapel e eu achei muito interessante. Eu estava de passagem para Jaciara onde ia fazer rafting. Perdi o rafting e vim fazer o rapel aqui. Foi uma boa iniciativa, parabéns!”, disse ele.

Moradora de Campo Verde, Juciane Fachineto fez rapel pela primeira vez e gostou da sensação de estar pendurada há mais de 30 metros de altura. “É emocionante!”, disse ela. “Com certeza na próxima oportunidade eu virei de novo. Tomara que tenha mais vezes e que possam trazer outros tipos de aventura”, completou.

Se depender da Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo, Juciane vai reviver a emoção do último sábado. “A gente vai tentar fazer mais vezes durante o ano”, informou o secretário Altair Donizete Restani. Segundo ele, em 2018 novas descidas serão realizadas.

Decoração de Natal – Restani informou também que a partir de hoje  o mirante da torre ficará fechado para que possa ser feita a decoração de Natal. A data de abertura para visitação à decoração ainda não foi definida, mas deverá ser no início do mês de dezembro. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)