Vice-prefeito e secretário de Obras de Campo Verde participaram do Fórum Ferrovias




O vice-prefeito de Campo Verde, Milton Garbugio, e o secretário de Obras e Viação, Fabiano Teruel, participaram do Fórum Ferrovias e Integração dos Modais, realizado na última semana em Nova Mutum. O evento discutiu ampliação da malha ferroviária de Mato Grosso em mais 700 quilômetros, ligando Rondonópolis a Sorriso.

Os investimentos serão feitos pela Rumo, concessionária que administra a ferrovia Senador Vicente Vuolo entre Alto Taquari e Rondonópolis, com 300 quilômetros de extensão. O traçado da linha féria está em estudo e, de acordo com as informações, existem grandes possibilidades que ela passe pela região de Campo Verde.

“Independente disso, a construção dessa ferrovia vai trazer grandes benefícios para Campo Verde e para a região, pois vai contribuir com o desenvolvimento de nossa cidade, gerando empregos e renda para a população e aumentando a arrecadação municipal”, disse o vice-prefeito Milton Garbugio.

Um dos traçados em estudo vai de Rondonópolis a Chapada dos Guimarães, passando por Campo Verde. O trecho apresenta menor interferência nos perímetros urbanos e baixo impacto ambiental, além de beneficiar outros municípios da “baixada cuiabana”, como Nova Brasilândia e Planalto da Serra.

Com a construção da rodovia que liga o distrito de Boa Esperança, na região de Sorriso, obra que está em execução, Campo Verde se tornará ponto estratégico para a interligação dos modais. “Não queremos criar falsas expectativas, mas estamos esperançosos que isso aconteça. Se essa ferrovia passar pelo nosso município trará um grande avanço na nossa economia”, disse o prefeito Fábio Schroeter. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)

Categorias: Obras e Viação