Audiência pública é realizada com moradores do Capim Branco e região




Moradores do Capim Branco e do Assentamento Taperinha e entorno, participaram na noite de segunda-feira (16) de uma audiência pública onde puderam expor suas demandas e acompanhar os trabalhos que estão sendo desenvolvidos pela Administração Municipal nas duas comunidades.

As demandas e reivindicações feitas pelos moradores servirão de base para a elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias e da Lei Orçamentária Anual para 2019, e também para o Plano Plurianual para o período de 2018 a 2021.

Durante a audiências, secretários municipais fizeram uma apresentação das demandas feitas em 2016 e que foram atendidas em 2017. As reivindicações feitas no ano passado têm até o final de 2018 para serem executadas.  As que foram apresentadas agora devem ser atendidas até o final de 2019.

De acordo com a Secretaria Municipal de Planejamento, 50% das demandas apresentadas pelos moradores do Capim Branco e do Taperinha nos últimos dois anos foram atendidas.

Na última segunda-feira, as principais demandas apresentadas foram aquelas relacionadas à infraestrutura, como direcionamento adequado das águas pluviais, encascalhamento de estradas, construção de lombadas e melhoramento dos pátios dos aviários.

Hoje à noite as audiências públicas prosseguem com os moradores da Agrovila João Ponce de Arruda, Assentamento 4 de Agosto e Assentamento Paulo Freire. Será às 19h00 na Escola Estadual Alice Barbosa Pacheco. Na quarta-feira (18), a audiência pública será no Assentamento 14 de Agosto.

Categorias: Planejamento