Secretário anuncia parceria para pavimentação do “desvio da Olvebra”




Durante o “Dia de Campo de Algodão” promovido pelo Grupo Bom Futuro na Fazenda São Miguel em Campo Verde na última sexta-feira (27), o secretário estadual de Infraestrutura Marcelo Duarte, anunciou a pavimentação da MT-140 entre as BR-070 e 364, trecho conhecido como “desvio da Olvebra”.

A pavimentação, conforme ressaltou Marcelo Duarte, será feita através de uma parceria entre a Prefeitura de Campo Verde, os produtores rurais – por meio de associação representativa, e o Governo do Estado. A proposta é que as obras de terraplanagem, base e sub-base comecem ainda este ano.

O percurso é apontado como alternativa definitiva para desafogar o trânsito de carretas pela MT-344, utilizado para fazer a ligação entre as regiões produtoras e o terminal ferroviário em Rondonópolis. “Esse desvio ficou deixado de lado por muito tempo. São 15 quilômetros que pode tirar todo o tráfego daquela rodovia sinuosa, perigosa que liga Campo Verde por Dom Aquino até Jaciara”, observou Duarte.

De acordo com o secretário, a pavimentação da MT-140 é imprescindível para garantir o escoamento eficiente da safra agrícola não só de Campo Verde, como de outras regiões de Mato Grosso.

Duarte informou que estão sendo feitos mais 50 quilômetros de asfalto de Nova Brasilândia até Planalto da Serra e que já existe um projeto pronto para se pavimentar até o distrito de Boa Esperança, ligando assim a MT-140 com a MT-242, que já é asfaltada.

“Isso significa que aqui será grande eixo de transporte o futuro para o estado”, disse Duarte. “Portanto, a [rodovia] 140 é a que tem o seu último trecho [não pavimentado] ali naquele desvio da Olvebra [e] precisa ser feito. E precisa ser agora, não precisa esperar todo esse trânsito que vem”, completou.

Presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (AMPA), Alexandre Schenkel ressaltou que a pavimentação do “desvio da Olvebra” era uma reivindicação antiga da classe produtora e frisou que é preciso comprometimento das partes envolvidas para que a obra efetivamente aconteça.

“Tem mais de 40 anos que a gente se utiliza dele mas nunca foi pavimentado. Vamos dar sequência nesse projeto, é a hora de a gente se unir. Foi o momento que a gente encontrou de colocar produtor, Governo, Prefeitura e as associações para poder concretizar esse grande sonho que é o de pavimentar aquela estrada”, disse Schenkel.

Milton Garbugio, vice-prefeito de Campo Verde e produtor rural, também recebeu a notícia da pavimentação com entusiasmo. “Vamos trabalhar para que isso realmente aconteça, que saia do papel, pois essa pavimentação é uma necessidade. Da parte do Município temos certeza que terá todo o apoio”, disse ele.

Categorias: Obras e Viação