HMCJ e ASAS prestam conta da campanha “Amigos do Coração”




Entre as doações recebidas pelo HMCJ está um carrinho de anestesia de última geração, doado pelo Grupo Princesa

A direção do Hospital Municipal Coração de Jesus e da Associação Social Amigos da Solidariedade (ASAS) reuniu na manhã hoje (13) lideranças políticas, empresários, representantes da sociedade civil organizada e moradores de Campo Verde para apresentarem a prestação de contas da campanha “Amigos do Coração”.

Lançada em abril desde ano, a campanha tem como objetivo arrecadar fundos através de doações para a melhoria da estrutura física e do atendimento ofertado pelo HMCJ. Os resultados apresentados foram acima da expectativa.

A arrecadação estipulada como meta no lançamento da campanha foi de R$ 500 mil, entretanto, de acordo com os números apresentados, entre abril e novembro foram arrecadados R$ 727,2 mil, sendo R$ 296,6 mil em dinheiro e o restante em equipamentos e serviços.

Parte do total arrecadado, seja em valores ou em equipamentos, materiais e serviços, ainda será repassada ao HMCJ nos próximos meses mas já foi incluída no total arrecadado até agora. Entre as doações recebidas, destacam-se um carrinho de anestesias de última geração, que custou R$ 120 mil, doado pelo Grupo Princesa, e a reforma do prédio, que será executada pela Monsanto, estimada em R$ 200 mil

De acordo com o balancete apresentado, entre abril e novembro foram feitos investimentos em reformas e manutenção do prédio, aquisição de equipamentos e custeadas as despesas administrativas que somaram R$ 201 mil, proporcionando um saldo positivo de R$ 95 mil.

Presidente da ASAS, a advogada Maria Frazão Zunta enfatizou que fazer saúde pública é uma tarefa difícil, entretanto, com o apoio dos doadores da campanha, do Poder Público Municipal, que responde por 90% dos custos, e o empenho dos colaboradores, o Hospital Municipal Coração de Jesus está conseguindo ofertar atendimento de qualidade a população.

Apesar dos avanços, a presidente da ASAS acredita que é possível melhorar ainda mais os serviços ofertados. “Nós podemos ter um hospital do tamanho que queremos e do jeito que queremos, mas é preciso a colaboração de todos”, ressaltou.

Diretor administrativo do HMCJ, Israel Paniago destacou os avanços registrados ao longo do ano. “Vale ressaltar que todo recurso é para a melhoria do Hospital, da estrutura, compra de equipamentos, compra de mobiliário, justamente para trazer um conforto melhor e maior para os pacientes”, disse.

Para o secretário municipal de Saúde, Altair Timóteo de Araújo, a soma dos esforços da sociedade civil, representada pelos doadores da campanha “Amigos do Coração”, do Poder Público e da ASAS, tem resultado em um atendimento de melhor qualidade no HMCJ e na satisfação dos usuários.

“Em 2018 eu senti uma diminuição nas reclamações”, destacou Altair. “Nós estamos trabalhando para melhorar os serviços fornecidos e diminuir a insatisfação do paciente. E acredito que conseguimos fechar o ano com um índice de satisfação louvável, que é tudo que a gente busca”, disse o secretário.

Ele também lembrou que atualmente o Município repassa mensalmente R$ 1,05 milhão para custeio e manutenção da unidade hospitalar. Mas ressaltou que esse valor ainda é insuficiente e que as parcerias com a iniciativa privada e campanhas como a “Amigos do Coração”, são fundamentais.

Durante a prestação de contas foi feita também a entrega de homenagens às instituições, empresas e pessoas que fizeram doações, como o Moto Clube Anjos do Asfalto, os organizadores da Festa de Nossa Senhora Aparecida da Fazenda do produtor Roque Rosseti, e o Grupo Princesa.

Categorias: Saúde