Professores da Rede Municipal de Educação de Campo Verde terão reajuste de 7,67%




Reajuste representa a valorização dos profissionais do magistério

O prefeito Fábio Schroeter encaminhou à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei número 01/2019, que autoriza o Município a conceder reajuste salarial aos professores da rede pública municipal que estão na ativa e também aos inativos. O PL foi votado na manhã de hoje (17) em sessão extraordinária e aprovado por unanimidade.

O aumento no salário dos professores será de 7,67%, sendo que 4,17% corresponde ao repasse integral do reajuste do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) e 3,5% serão concedidos pelo Município em cumprimento à Lei Municipal 2.061, de março de 2015.

A concessão do reajuste acima do índice repassado pelo FUNDEB demonstra a valorização que vem sendo dada pela Administração Municipal ao magistério. Entre 2016 e 2017, a categoria teve um reajuste total de 43,98%.

De acordo com o prefeito Fábio Schroeter, a concessão do reajuste foi feita com base em um estudo de impacto financeiro que demonstrou a viabilidade financeira e o respeito aos limites constitucionalmente previsto para os gastos com despesas de pessoal.

“Apesar de todo o cenário de dificuldades econômicas vivido pelo Município e das projeções para 2019 apontarem que elas continuarão, o Executivo Municipal está seguindo seu planejamento orçamentário e buscando valorizar cada vez mais a Educação e seus profissionais, cumprido o que foi acordado na Lei de 2015”, disse o prefeito.

Conforme informou a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Campo Verde é um dos poucos municípios de Mato Grosso que reajusta os salários do magistério acima dos índices do FUNDEB. Com o reajuste de 7,67%, o menor salário pago aos professores da rede municipal de Educação por 24 horas semanais passará a ser de R$ 2.862,54.

Categorias: Educação e Cultura